MEDICINA DENTÁRIA GENERALISTA

Compete-lhe o diagnóstico, prevenção e posterior tratamento de qualquer problema biológico, estrutural, funcional e estético da dentição natural e tecidos adjacentes.
Na maior parte dos casos recorre a especialidades da Medicina Dentária.

ESTÉTICA DENTARIA

É uma área em permanente evolução, permitindo resolver problemas no âmbito de um enquadramento global da análise facial, dentária e gengival.
Existe, cada dia mais, uma preocupação dos doentes “pelo seu sorriso” na medida em que pode implicar situações de baixa auto-estima e desconforto.

É uma área de intervenção muito importante que abrange diversos tratamentos dentários, tais como a reabilitação oral, branqueamento dentário, tratamento ortodôntico, restaurações dentárias, entre outras.

REABILITAÇÃO ORAL

Abrange a reconstrução e/ou substituição de dentes ou outras estruturas orais (gengiva e osso) de maneira a devolver ao doente a normalidade das funções mastigatória, fonética e estética.
Um estudo e planeamento prévios permitirão escolher as melhores técnicas para cada caso (prótese fixa ou removível, implanto ou dento-suportadas)

PRÓTESE REMOVÍVEL

Associada ou não à colocação de implantes, é um substituto artificial, mas anatómico e funcional de um ou mais dentes e estruturas anexas perdidas, numa arcada, parcial ou totalmente desdentada. Pode ser convenientemente retirada e colocada pelo próprio paciente.

PRÓTESE FIXA

Apoiada em estruturas dentárias ou em implantes, é um substituto artificial mas anatómico e funcional de um ou mais dentes e estruturas anexas perdidas numa arcada parcial ou totalmente desdentada, não podendo ser retirada e colocada pelo próprio paciente.

IMPLANTOLOGIA

Os implantes dentários são estruturas em titânio com capacidade de integração no tecido ósseo – osteointegração – e representam uma solução segura e eficaz para a substituição de um ou mais dentes, ou servir de meio de retenção para próteses removíveis.
Sendo substitutos artificiais das raízes dentárias, os implantes constituem os pilares de suporte para a prótese dentária.
Atualmente, existe uma grande variedade de técnicas e opções de reabilitação com implantes. No sentido de optar pela melhor solução, cada caso deve ser analisado individualmente.
Habitualmente, as próteses dentárias são colocadas após 3 meses, existindo no entanto situações, em que se aplicam no próprio dia da colocação dos implantes (carga imediata).

ENDODONTIA

O tratamento endodôntico ou desvitalização, tem como objectivo a conservação da totalidade ou parte do dente.
As lesões que podem implicar a necessidade de endodontia são cárie dentária profunda, fractura, desgaste acentuado ou patologias de origem periapical.
Consiste na remoção da polpa dentária, desinfecção dos canais e posterior preenchimento hermético com um biomaterial.
Pode necessitar várias sessões de tratamento.

ODONTOPEDIATRIA

A especificidade e a importância dos cuidados de Medicina Dentária, quando dirigido às crianças, obriga a uma atenção especial para que o desenvolvimento dentário se faça de maneira correcta e impeça o desenvolvimento de defeitos importantes ao nível da mastigação, deglutição, fala e estética.
Recomenda-se que a primeira consulta seja entre os 6 meses e 1 ano de idade, coincidente com o nascimento dos primeiros dentes, para a colação de selantes de fissuras como prevenção de cáries.

CIRURGIA MAXILO-FACIAL

O especialista desta área intervem na região compreendida entre a base do crâneo e o pescoço, para tratar as lesões traumáticas, congénitas, tumorais, e ainda patologias da Articulação Temporo-Mandibular (ATM).

CIRURGIA ORAL

Engloba um vasto campo de intervenções cirúrgicas que vai desde pequenas intervenções, como a extração de dentes sem viabilidade ou, a realização de biópsias e exérese de lesões benignas, até às grandes intervenções para tratamento de tumores malignos de língua, palato ou pavimento da boca.

DENTISTERIA RESTAURADORA

Actua ao nível das estruturas dentárias, afetadas por cárie, traumatismos, anomalias de desenvolvimento, promovendo o restabelecimento da integridade anatómica e funcional.
O desenvolvimento de novos materiais, designadamente as resinas compostas, veio permitir a obtenção de óptimos resultados funcionais e estéticos.

HIGIENE ORAL

É direcionado para a educação e promoção de hábitos de higiene oral, que previnem o desenvolvimento de factores determinantes para o aparecimento de doenças como cárie e doença periodontal.
Estas consultas devem ser periódicas (6 em 6 meses) e incluem a destartarização e polimento dentário para eliminação do tártaro, deixando os dentes mais limpos e brilhantes, para além da gengiva saudável.

OCLUSÃO E ATM

As alterações relacionadas com uma mordida incorreta dos dentes (má oclusão) levam a disfunções e patologias da Articulação Temporo-Mandibular. (ATM), que se manifestam por dores na face, cabeça, nuca ou costas, dor/estalidos na ATM, dificuldade dos movimentos mandibulares (abertura, fecho e/ou desvios laterais).
Factores como apertar/ranger os dentes durante o sono (bruxismo), stress, a depressão e a ansiedade podem também contribuir para o agravamento deste tipo de patologia.
A avaliação de todos estes factores é essencial, para que a sua correção se faça atempadamente, impedindo a evolução para situações de tratamento cada vez mais complexos.

BRANQUEAMENTO DENTÁRIO

Consiste num processo químico e inofensivo de clareamento da dentina através de um gel activado por uma luz com um comprimento de onda específico.
Na CLÍNICA CAMPOS MENDES associamos o branqueamento a Laser realizado na clínica a um Kit de manutenção mensal (gel com goteiras) que se realiza em casa.

PERIODONTOLOGIA

O seu objectivo é a prevenção, o diagnóstico e o tratamento das doenças que afectam o tecido de sustentação e suporte dos dentes (periodonto), que compreende a gengiva, o ligamento periodontal, o cemento radicular e o osso alveolar.
Conforme o estadio de evolução da doença (apenas inflamação da gengiva ou já destruição do osso de suporte) os tratamentos terão de ser cada vez mais complexos.
O Tabagismo, a Diabetes, causas Genéticas, ou mais frequentemente, uma higienização oral ineficaz são importantes factores de risco.
É de salientar que os pacientes com este tipo de patologia, mesmo que controlada, apresentam uma grande tendência para o seu reaparecimento ou reativação, pelo que é necessário o acompanhamento constante de modo a evitar esta situação.

MEDICINA DENTÁRIA DESPORTIVA

Seria óbvio pensar que, se uma boa saúde oral é de importância relevante para o bem estar geral, mais importante seria para quem procura atingir altos índices de rendimento físicos. Não é, pois, de estranhar que um estudo realizado pelo F.C. Barcelona, demonstrou que uma má saúde oral pode provocar problemas de desequilíbrios, lesões musculares, dores de cabeça e caimbras, afectando negativamente o rendimento desportivo dos atletas.
Tendo a CLINICA CAMPOS MENDES, larga experiência neste campo, dado o Dr. Campos Mendes integrar desde 2001 o corpo clínico da equipa sénior do LEIXÕES S.C., natural foi utilizar os seus conhecimentos para criar a unidade de Medicina Dentária Desportiva, por onde têm passado numerosos e nomeados futebolistas e, atletas da alta competição de outras modalidades.
A Medicina Dentária Desportiva tem uma acção multidisciplinar com o intuito de promover a saúde oral, tratando e prevenindo lesões decorrentes de actividades físicas e, consequentemente, melhorar o rendimento dos atletas.
Uma das áreas envolvidas na abordagem oral é o estudo da Oclusão, no qual se avaliam as relações de contacto entre as arcadas superior e inferior, assim como a relação dinâmica, morfológica e funcional entre os componentes do sistema mastigatório (dentes e suas estruturas de suporte, articulação temporomandibular, sistema neuromuscular e esquelético).

Devido ao significativo aumento de pessoas que praticam desporto, tanto de forma amadora como profissional, verifica-se uma maior preocupação na protecção dessas estruturas e também na sua relação com as restantes partes do corpo, sendo, para tal, recomendada a utilização de protectores orais.

Estes protectores (goteiras) são moldados à semelhança da anatomia dentária de cada paciente, dado que são efetuados após o registo da sua arcada dentária, permitindo, desta forma, uma estabilidade perfeita e evitando as dificuldades respiratórias dos protectores standard, tornando assim mais fácil a sua adaptação.

A utilização destes aparelhos de protecção é aconselhada tanto nos desportos de alto como de médio risco, mas principalmente nos de contacto físico, uma vez que previnem as lesões orais traumáticas e amortecem golpes infligidos noutras partes da cabeça e pescoço.

Tratamentos que a CLÍNICA CAMPOS MENDES coloca ao dispor dos atletas:
 

  • Despistagem de infeções dentárias
  • Equilíbrio oclusal
  • Protetores bucais
  • Prevenção de doenças dentárias
  • Tratamento de doenças dentárias